Televendas: 0800 704 3737 Horário de funcionamento Segunda a Sexta - 8h às 18h
Menu
    40%
  • INSTITUIÇÕES DE DIREITO ELEITORAL - TEORIA DA INELEGIBILIDADE – DIREITO PROCESSUAL ELEITORAL - 10ª edição - Revista e Ampliada

INSTITUIÇÕES DE DIREITO ELEITORAL - TEORIA DA INELEGIBILIDADE – DIREITO PROCESSUAL ELEITORAL - 10ª edição - Revista e Ampliada

ISBN: 978-85-450-0147-8


Páginas: 487


Ano: 2016


Formato: 17.0 x 24.0


Edição: 10ª edição


Área Específica:

Direito Eleitoral

Áreas Afins:

Área específica : Direito Eleitoral. Área afins : Constitucional, Direito Processual Civil. Público-alvo : Consumidores da obra Advogados, juízes de Direito, membros do Ministério Público, estudantes.



Confira a ficha técnica completa desta publicação

Disponibilidade: Em estoque

  • De: R$150,00 (desconto de 40%)
  • Por: R$90,00

Áreas Afins
Área específica : Direito Eleitoral. Área afins : Constitucional, Direito Processual Civil. Público-alvo : Consumidores da obra Advogados, juízes de Direito, membros do Ministério Público, estudantes.
Sinopse

O livro Instituições de Direito Eleitoral é já um clássico do Direito Eleitoral. Foi a primeira obra a dar tratamento puramente dogmático à teoria da inelegibilidade e aos institutos eleitorais, sem se perder no discurso político. Nele não há a defesa de ideologias, não se faz literatura militante, tampouco se analisa o ordenamento jurídico a partir de uma visão comprometida com teses messiânicas. O tratamento dado ao Direito Eleitoral é rigoroso, compromissado com a Ciência do Direito.

A obra constrói a teoria da inelegibilidade a partir da teoria do fato jurídico. Com a exposição segura de conceitos chaves da teoria geral do Direito, o autor submete a LC nº 135 (Lei da Ficha Limpa) e a jurisprudência surgida em razão dela a uma análise detalhada, cuidadosa, sem paixões. E partindo da fundamentação dos conceitos, expõe as suas implicações ao Direito Processual Eleitoral.

É obra de leitura obrigatória que a Editora Fórum tem o prazer de editar, oferecendo a nova edição aos estudantes, advogados, magistrados e membros do Ministério Público.

Sobre o autor, disse o constitucionalista Ruy Samuel Espíndola, na solenidade de instituição da Medalha “Adriano Soares da Costa” criada pela Academia Catarinense de Direito Eleitoral (ACADE):

“O Mestre Adriano Soares da Costa é uma voz de luz e resistência em uma terra árida, seca, sem solo propício para profundas reflexões, a terra que tem constituído nosso Direito Eleitoral, que precisa de verdadeira ciência e cuidado metódico de reflexão e pesquisa.

Podemos dizer, sem medo de errar, que temos diante de nós a maior autoridade da ciência juseleitoral brasileira. Não só na atualidade, mas de todos os tempos em que estamos a tentar fazer ciência com essa disciplina entre nós. Há um Direito Eleitoral antes de Adriano Soares da Costa e há um Direito Eleitoral depois de sua obra escrita e falada. Seus ensinamentos e seus exemplos fazem escola.”

Informações Técnicas
ISBN: 978-85-450-0147-8
Páginas: 487
Ano: 2016
Formato: 17.0 x 24.0
Edição: 10ª edição

Confira a ficha técnica completa desta publicação

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.