Televendas: 0800 704 3737 Horário de funcionamento Segunda a Sexta - 9h às 18h
Menu
  • DIREITO DISCIPLINAR APLICADO - DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA

DIREITO DISCIPLINAR APLICADO - DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA

ISBN: 978-85-450-0100-3


Páginas: 237


Ano: 2015


Formato: 14.0 x 21.0


Edição: 1ª edição


Área Específica:

Direito Administrativo

Áreas Afins:

Crimes contra a Administração Pública, enriquecimento ilícito, organizações criminosas, colaboração premiada, direitos e garantias fundamentais – direito de defesa.



Confira a ficha técnica completa desta publicação

Data de lançamento: 20/11/2015

  • R$60,00

Áreas Afins
Crimes contra a Administração Pública, enriquecimento ilícito, organizações criminosas, colaboração premiada, direitos e garantias fundamentais – direito de defesa.
Sinopse

Fruto de atividade diuturna, pesquisa e reflexão, este livro, distribuído em 6 (seis) módulos, teve como norte oferecer despretensiosa ajuda aos operadores do direito, sobretudo nas lides disciplinares.

Pretendeu-se aqui, com a valiosa contribuição doutrinária e jurisprudencial, apresentar temas recorrentes — como os crimes contra a Administração Pública, os meios de obtenção de provas, a responsabilidade civil do servidor, os direitos e as garantias fundamentais, o contraditório e a ampla defesa, os recursos administrativos, as causas excludentes da responsabilidade e a prescrição da ação disciplinar, entre outros.

Ressalte-se a necessária preocupação com os direitos e as garantias fundamentais, mormente o devido processo legal, o contraditório e a ampla defesa, e a inadmissibilidade, no processo, das provas obtidas por meios ilícitos, tudo como previsto no art. 5º, incs. LIV, LV e LVI, da Constituição Federal.

De igual modo, é proveitoso advertir que a conduta transgressora da lei gera sempre um resultado negativo, que é mais intenso diante da impunidade. E a impunidade, como é correntio, é tão danosa quanto a injustiça.

Nesse contexto, cabe para reflexão o ensinamento de Mário Guimarães: “Em princípio, não são os juízes responsáveis pelos danos que decisões erradas acaso venham a produzir. Com amarga finura, já se disse que o poder de julgar envolve o de praticar injustiças”.1

Portanto, revela-se sábio o brocardo do in dubio pro reo, ou seja, na dúvida, a favor do réu. “Ela expressa o princípio jurídico da presunção da inocência, que diz que em casos de dúvidas (por exemplo, insuficiência de provas) se favorecerá o réu. É um dos pilares do Direito Penal, e está intimamente ligada ao princípio da legalidade”.2

Por fim, inspirado nas lições do professor Léo da Silva Alves, espera-se que este trabalho traga resultados satisfatórios, principalmente na segurança das formas e na certeza das provas, elementos fundamentais quando se busca a verdade de um fato.

Informações Técnicas
ISBN: 978-85-450-0100-3
Páginas: 237
Ano: 2015
Formato: 14.0 x 21.0
Edição: 1ª edição

Confira a ficha técnica completa desta publicação

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.